DNS

De Tutoriais Braslink-Ultranet
Ir para: navegação, pesquisa

O que é DNS?

Existem na Internet centenas de milhões de servidores que armazenam os arquivos que estão disponíveis a todos os usuários. Cada um tem o seu próprio endereço de IP, e quando você digita um endereço de um site, indica um domínio a ser acessado. Mas como é que seu computador vai saber em qual dos servidores está armazenado o site que você escolheu? É aí que entra em ação os servidores DNS. A sigla DNS significa Domain Name System, ou Sistema de Nome de Domínios. Esses servidores têm como tarefa principal traduzir nomes de domínios em endereços IP.

Assim, ao digitar um endereço de um determinado site, o navegador irá consultar um servidor DNS, e ele informará ao seu computador o endereço de destino. A partir daí, o servidor será acessado e o site escolhido aparecerá na sua tela.

Como funciona o DNS?

O funcionamento do DNS consiste em responder requisiçÕes feitas pelos clientes, como o navegador ou o cliente FTP do seu computador. Caso um endereço não esteja disponível, o servidor DNS irá repassar a solicitação para outro servidor DNS, aguardando que ele faça a resolução do domínio, ou seja: Informe qual endereço IP corresponde àquele domínio solicitado.

  • Se o próximo servidor DNS contiver essa solicitação, ela será repassada ao servidor DNS solicitante, e este, por sua vez, repassa a informação ao cliente. O DNS que solicitou armazena esta nova entrada na sua tabela, e as próximas requisições não necessitarão ser repassadas ao próximo servidor DNS.
  • Caso o próximo servidor DNS não contenha tal informação, ela será repassada por ele a um próximo servidor DNS, até que essa informação seja encontrada. Caso não seja encontrada, ou o endereço não existe, ou o domínio não cumpriu seu tempo de propagação de DNS.

O que é DNS raiz?

Existem, na Internet, 13 conjuntos (clusters) de servidores DNS, que são conhecidos como os DNS raiz. A função desses servidores é responder diretamente às requisições de registros da zona raiz. Estes 13 DNS raiz são necessários para a manutenção da Internet no mundo inteiro.

Apesar do número pequeno, existem várias réplicas desses servidores raiz, sendo uma delas no Brasil, desde 2003.

Quais são os DNS da Braslink ?

A Braslink fornece três (3) servidores DNS aos seus clientes, tais como:

1º - ns2.braslink.net 2º - ns1.braslink.com.br 3º - ns1.braslink.com ou ns1.braslink.net

Para visualizar seus DNSs e outras informações de seu Registro, clique aqui

Propagação de DNS:

O que é propagação de DNS?

O que chamamos de propagação de DNS é o tempo gasto para que esse domínio seja publicado e divulgado em todos os servidores DNS existentes. Logo, entre a ativação do domínio hospedado e os servidores DNS receberem o novo domínio criado por você, leva-se um tempo, que é o tempo de propagação de DNS.

Quanto tempo leva a propagação de DNS?

A propagação leva de 8 a 48 horas. Durante este tempo o serviço fica instável, podendo funcionar em determinados momentos.

Por que essa propagação leva tanto tempo?

Há várias razões, mas o que torna a operação lenta é justamente a necessidade de se informar outros servidores DNS do novo domínio cadastrado. E são alguns milhões de servidores cadastrados, literalmente. Por isso, a necessidade de um prazo para que esse domínio seja realmente divulgado. O processo de publicação é feito pelos órgãos responsáveis pelo registro de domínios, como o Registro.BR (Brasil), ENOM, Registar, etc. Estes órgãos atualizam seus servidores publicando uma “lista” de novos registros de domínios e alterações de servidores DNS, para domínios já registrados. Logo depois ocorre o que chamamos de propagação, durante a qual as bases de dados dos servidores DNS dos provedores de acesso são atualizadas. Após esse processo, os domínios passam a apontar para o endereço IP do servidor onde estão as informações do site. Por exemplo, você transferiu o seu site de outro provedor para nós, alterou os servidores DNS e a publicação ocorreu normalmente. Publicar significa que a partir daquele momento, quem responderá pelo domínio será o novo servidor. Normalmente, a publicação não ultrapassa 48 horas, mas podem ocorrer situações, principalmente no caso de domínios internacionais, no qual este prazo é extrapolado. Isso depende exclusivamente da política do órgão que realiza os registros. Além disso, a propagação dessas informações para os servidores DNS dos provedores de acesso pode levar algum tempo.